RH BPO: 7 erros comuns
Você está cometendo os erros comuns que afetam o desempenho do RH e os contratos de terceirização?

O Processo de Outsourcing de RH (BPO)

A escolha de uma solução de BPO para RH é uma etapa importante na evolução de uma organização. No entanto, várias questões, implicações e critérios de decisão podem perturbar o processo. Dedicar-se calmamente no início a entender essas questões garantirá um percurso mais suave, que, por fim, melhorará o desempenho da empresa. As pressões do mercado atual são de tal ordem que as empresas simplesmente não podem dar-se ao luxo de adiar o aumento da eficiência, competência e experiência que o BPO de RH pode oferecer.
 
Na verdade, mais do que nunca, as organizações estão procurando terceirizar suas soluções de RH e folha de pagamento. No entanto, o custo pode ser alto quando se toma a decisão errada e se escolhe o parceiro errado. Conforme constatado pela Pesquisa Global sobre Folha de Pagamento (2013), realizada pela EY, aproximadamente 40% das organizações globais estão suficientemente insatisfeitas com seus prestadores de serviços terceirizados a ponto de considerarem mudar para um novo prestador, nos próximos 12 meses: “Isto sugere que, uma vez que a folha de pagamento seja terceirizada, ela geralmente permanece terceirizada,diz a EY.
 
À medida que o mercado de BPO amadurece, a complexidade e a variedade de sistemas e prestadores de serviço podem causar confusão. As organizações e os responsáveis pelas decisões devem ter certeza de que dispõem das informações corretas e do conhecimento relevante, a fim de escolher a melhor opção para si e para a empresa. Para facilitar o processo, o relatório a seguir desmascara e destaca os mitos mais comuns acerca do BPO relacionados a pessoas, processos, eficiência, tecnologia, experiência e riscos.
 
A terceirização, quando baseada em mal-entendidos ou falta de comunicação, pode ser uma experiência desastrosa. No entanto, ao revelar os mitos, esses erros podem ser evitados e uma verdadeira parceria de longo prazo pode ser formada entre a empresa e o fornecedor.
A maioria das organizações valoriza muito a função de RH, e com razão. O conhecimento que o RH tem dos funcionários e procedimentos internos estão à frente de qualquer outro departamento. A Pesquisa Global da EY sobre folhas de pagamento (2013) concluiu que 28% das empresas, por exemplo, ainda conta exclusivamente com um modelo de folha de pagamento preparada internamente. No entanto, quando indagadas sobre o que acreditavam ser o principal motivo de ainda adotarem este modelo operacional de RH e folha de pagamento, a maioria afirmou ser simplesmente o jeito como as coisas sempre foram feitas. Elas ainda não tinham tido tempo para reavaliar se o BPO seria uma alternativa adequada.Contudo, à medida que as organizações competem em mercados em constante mudança, a flexibilidade oferecida pelos serviços de BPO pode ser benéfica.

O custo de execução dos processos de administração da folha de pagamento, ponto e frequência e RH é drasticamente subestimado. Na verdade, um estudo da PwC, realizado em 2012, sobre o custo total de propriedade constatou que apenas 37% do custo de administração da folha de pagamento e RH são visíveis, sendo os 63% restantes ocultos. Por conseguinte, o custo real da execução da folha de pagamento e outros serviços de RH não é conhecido. Uma razão pela qual alguns custos estão ocultos deve-se ao fato de que os processos de RH em muitas empresas "pertencem" em parte ao RH e em parte às funções de finanças, TI ou outras.

O termo "BPO" pode muitas vezes se confundir com outras soluções de terceirização. De fato, a terceirização de RH tem uma grande variedade de opções e siglas, entre elas:Terceirização da Gestão de Aplicativos (AMO), Prestador de Serviços de Aplicativos (ASP), software como serviço (SaaS), Serviços Gerenciados, Serviços de Terceirização Abrangentes e Terceirização de Processos Empresariais (BPO), para citar apenas alguns mais importantes. A escolha deve, em última análise, resumir-se ao caso da empresa. A terceirização de elementos da infraestrutura de TI ou da gestão de aplicativos é uma opção escolhida por algumas empresas. No entanto, se estivessem procurando por um serviço abrangente que pudesse transformar a função de RH, essas empresas podem se arrepender de ter optado por um arranjo funcional em vez dos serviços completos oferecidos pelo BPO. Se não houver transferência de experiência ou riscos e ainda a definição de responsabilidades, não se trata de BPO: portanto, é importante que as organizações entendam toda a gama de opções antes de escolher um prestador de serviços.

Como garantir o sucesso?

Como garantir o sucesso?
Faça o Download do relatário completo preenchendo o formulário ao lado.

Go Deeper

Receba seu e-book de BPO

Receba seu e-book de BPO

Soluções ADP

Excelência na Gestão de Capital Humano e Folha de Pagamento

A solução mais completa do mercado, pronta para receber sua empresa
 
Para quem não tem tempo a perder, a ADP opera sua Folha de Pagamento
 
Uma solução totalmente integrada para a Gestão de Capital Humano
 
Complemente sua Folha de Pagamento com toda a legislação do eSocial
 
A reinvenção do modelo global de recrutamento
Soluções ADP
google-site-verification: googleb628d52f93e209c2.htm